Detalhes da Ausländer

Genteeee, eu não poderia deixar de comentar um pouquinho mais sobre o desfile da Ausländer! Amei todos os detalhes, desde a maquiagem aos sapatos!

Pois bem pessoal, a perfeição do desfile da marca foi resultado do trabalho e da dedicação de profissionais especializados como Carla Biriba (diretora de beleza); Ricardo Bräutigam (diretor criativo)Erika Toscano, Gabriel Garcia, Marcella Franklin, James Cesari (diretores de estilo); Isabel Niemeyer e Florencia Ciucci (assistentes) e Lu Saturnino (produção executiva).

Eu simplesmente AMEI os óculos espelhados em formato redondo, quero pra ontem!!! Na minha opinião, esse desfile foi um dos melhores, sem contar que a primeira modelo entrou ao som de We Are Young, música que tocou no último episódio da quinta temporada de GG, e é claro que quem assiste sabe muito bem como foi a sensação que o início do desfile passou! E as t-shirts gente??? Please, chova dólares! Amei, amei, amei tudo! Os detalhes dourados deram um ar super chique à coleção e, agora, sabemos que no próximo verão o dourado deve iluminar nossos looks! Uma moda cool, feminina e despojada e, ao mesmo tempo, chique e elegante! Assistam aqui o vídeo do desfile completo!

Beijos, Babi Bilharinho.

Fashion Rio/Verão 2013: Último Dia

Bom dia! Bom, continuando com o assunto principal desses últimos dias, vim mostrar pra vocês tudo o que rolou no último dia de Fashion Rio. Vamos lá!

Poko Pano: Com uma mistura incrível de cores, a marca que abriu o último dia de FR levou a Bahia para a passarela. Com uma coleção inspirada no Olodum e nas fitinhas do Senhor do Bonfim, a Poko Pano mostrou peças muito democráticas, as formas usadas foram muito variadas, foram vistas desde de máxi calcinhas à mini cortininhas! Tudo muito lindo, lindo mesmo! Maiôs com shapes ultra sensuais, calcinhas até o umbigo, tops com bojo, saídas de praia esvoaçantes e máxi saias. Destaque para o uso de anéis de lata nas peças – coisa que não é nenhuma novidade, mas a Poko Pano conseguiu mostrar isso com bastante beleza, diferente de alguns que já havia utilizado esse material antes.

OEstúdio: O desfile da marca, pra mim, foi o mais interessante de todos, conceitualmente falando. OEstúdio apresentou algumas peças usáveis, outras não, mas o mais importante ali foi o conceito, a inspiração. Com o tema R.U.A. (Realidade Urbana Anônima), a coleção foi apresentada através de muitas sobreposições, cortes assimétricos que simulavam roupas rasgadas e amarrações no próprio tecido, tudo bem esportivo. Os acessórios de origami feitos de papelão deram um ar rústico aos looks, e as bolsas infláveis representaram os monumentos móveis, tudo a ver com o projeto que estou fazendo pra disciplina de PAC do meu curso de Arquitetura (estou elaborando um projeto de uma casa móvel, chamado de Invólucro, com inspiração nos moradores de rua). Enfim, a marca apostou em um tema ainda não visto nessa temporada e acertou em cheio, levando personalidade e um conceito extraordinário à passarela do FR.

Andrea Marques: A estilista buscou suas inspirações no Sol, isso mesmo, no Sol. Com cores fortes que iam do branco ao laranja, passando pelo azul, a coleção carregou peças super usáveis com estampas gráficas e shapes ora ajustados, ora soltos. O desfile foi bonito, com a presença de rendas e cinturinhas marcadas com cintos super fofos! A saia lápis também apareceu na coleção, afirmando uma sofisticação acompanhada de uma elegância que vinha dos penteados das modelos.

Ausländer: Desfile lindo, peças muito bonitas e usáveis. A marca apostou em um dourado metalizado super chique e nas candy colors. T-shirts fofas, calças justinhas em tons claros, mocassins lindos, tudo muito delicado, jovem e sutil. Um pouco de transparência também foi vista, além da tendência mullet e dos óculos de lentes arredondadas. Sem contar que o blogueiro Prince Pelayo desfilou para a marca! Eu adorei tudo, todas as peças!

Triya: As modelos da Triya entraram na passarela como se tivessem acabado de sair do estúdio de um artista plástico. Elas estavam todas maquiadas com tintas coloridas e usavam brincos e colares que simulavam um pincel de tinta. As peças da coleção da marca mostraram muita cor e estampas que remetiam às imagens de um caleidoscópio. Um certo psicodelismo marcou presença em peças com formas variadas e recortes estratégicos, foi um carnaval de cores. Um tule muito fino também apareceu, dando um ar sensual às peças, além das franjas, que também acompanharam as modelos. Não podemos deixar de notar os sapatos, que estavam lindos!

Reserva: Preciso contar que venderia meu carro só para ter assistido ao espetáculo da Reserva ao vivo? (Detalhe: eu não tenho carro, mas se eu tivesse, valeria a pena!) Preciso contar que eu chorei quando assisti ao vídeo? Chorei mesmo, me arrepiei toda. Foi lindo! A marca fez uma apresentação teatral reunindo atores de diversas idades (com exceção da modelo Ana Claudia Michels), simulando o dia de uma família, cada um com suas particularidades, amei tudo! As peças estavam lindas, tudo muito colorido, com a cara do verão! Porém, com a apresentação teatral perfeita, foi difícil o público voltar seus olhos para as roupas, já que era muita informação né?! Foi a primeira vez que a “Eva” – a nova marca feminina da Reserva – foi apresentada na passarela,  começando muito bem né?! Pois com um desfile desses, que marca não começaria? Eu adorei! A Reserva encerrou mais uma temporada de Fashion Rio com um ar inusitado e com muita energia! Gente, já que o desfile foi “assim”, eu vou colocar aqui o link do vídeo ao invés das fotos dos looks, pois vale a pena assistir ao desfile completo da marca!

E aí, o que acharam de tudo? Mais uma edição linda de Fashion Rio cheia de inspirações pro nosso próximo verão! Espero que tenham gostado dos meus comentários sobre tudo, em breve posto aqui os meus preferidos do FR!

Beijos, Babi Bilharinho.

Fashion Rio/Verão 2013: Quarto Dia

2nd Floor: Abrindo o quarto dia de FR, a 2nd Flor mostrou peças inspiradas na junção de temas brasileiros com temas do faroeste americano. Ao som de Mallu Magalhães, a marca mostrou peças em tons de branco, preto, amarelo, verde e azul, trazendo à passarela o clima western dos Eua com pitadas do tropicalismo do Brasil; achei a idéia bem interessante! O minimalismo e a assimetria marcaram presença no desfile, os volumes eram simples e as franjas e os chapéus também deram o ar da graça.

Alexandre Herchcovitch: O estilista buscou suas inspirações em uma viagem que fez para o Marrocos, em 2004, e nas tribos do deserto do Saara. Todas as peças carregavam um pouco de etnia, mas Alexandre conseguiu manter o equilíbrio dos temas com peças tanto comerciais, quanto conceituais. Que o estilista sempre causa, isso todo mundo já sabe… é claro que ele levou as burcas para a passarela mas, com uma contradição intencional às tradições dos locais onde se inspirou, ele não deixou as transparências de lado, dando uma certa sensualidade à coleção.

Espaço Fashion: A marca conseguiu colocar na passarela todas as inspirações de forma coerente, inspirações estas que passam pelos limites entre a Europa e a Ásia. Além das etnias, o álbum “Somewhere in Time”, do Iron Maiden, também serviu de inspiração para Daniel Ueda, que mostrou uma pegada rocker que me lembrou os anos 80. A cartela de cores passou pelo branco, pelo nude, pelo preto e pelo verde limão.

Cantão: Olá Carol Trentini! A top exclusiva da Cantão foi a primeira a entrar na passarela. O desfile, cuja coleção se mostrou super usável, foi repleto de peças com tecidos leves e as tendências principais foram a alfaiataria, os cortes assimétricos, o tricô e as aplicações douradas. As estampas com letrinhas foram a sensação da coleção, mas também notei letras em algumas das estampas da coleção da marca Espaço Fashion. A cartela de cores deu preferência ao nude, ao azul, ao laranja, ao amarelo e ao off white. Não deixem de dar atenção aos máxi colares feitos de papel.

Lenny: A marca encheu a passarela de cores e shapes incríveis! Lenny apostou em tramas e recortes vazados que apareceram em maios e biquínis super sexys e sofisticados. Sem contar as saídas de praia e os microvestidos que me cativaram super!!! E, assim, foi encerrado o quarto dia de Fashion Rio, com muita sofisticação, sensualidade e originalidade da Lenny!

Bom gente, espero que vocês estejam gostando dos comentários sobre o FR aqui no blog. Amanhã tem mais!

Beijos, Babi Bilharinho.

Fashion Rio/Verão 2013: Terceiro Dia

Ágatha: Abrindo o terceiro dia da maratona de desfiles do Fashion Rio, a marca desfilou peças super ricas em relação a volumes, texturas e sobreposições, já que toda a coleção foi inspirada no conceito de profundidade. Foi visto muito brilho mas, mesmo com a escolha da cartela de cores (tons de verde limão e azul clarinhos), as peças não me cativaram muito. Achei que os looks tinham muita informação, muita sobreposição, sabe? Sem contar que notei peças bastante esportivas na coleção.

Nica Kessler: Delicadeza, feminilidade e alegria estavam presentes no desfile de Nica. Amei, amei, amei MESMO! A coleção foi inspirada na porcelana portuguesa pintada à mão Vista Alegre (e coloca “alegre” nisso)! Como em outras coleções, as peças, no geral, eram estampadas com flores e frutas, mas, na minha opinião, essa foi a que mais se destacou. O tema foi tão levado a sério que as modelos até apresentaram brincos de talheres nas orelhas! Eu achei a coleção super delicada, com bastante leveza e fluidez, amei!

R. Groove: A marca masculina trouxe para a passarela um tema super autêntico e jovem: o Skate. Misturando o esporte com a alfaiataria, a R. Groove nos mostrou que um skatista pode sim andar muito bem vestido enquanto faz seus saltos. Nada de bermudas com cós no bumbum ou calças desleixadas estilo Murray em Clueless! A alfaiataria vem com tudo e a marca aposta em bermudas de corte reto, calças com a barra dobrada, além de camisas, batas, coletes e regatas. Foram vistas formas muito bem delineadas e uma moda muito democrática, jovem e descontraída, efeitos dados pelas estampas baseadas nas paisagens do Rio de Janeiro.

Maria Bonita Extra: Em relação a esse desfile eu nem sei o que dizer. Estou chorando dólares até agora! A cartela de cores escolhida foi perfeita, as estampas super lindas e os shapes incríveis, o que resultou em um desfile super feminino, delicado, original, enfim, FABULOSO! A marca apostou muito nos cropped tops, nos tecidos acetinados e na cintura marcada. Quero todas as peças pra ontem!

Coven: A marca apresentou um desfile com traços minimalistas, porém, óbvios. Com algumas peças lindas e outras nem tanto, a Coven levou o clima marítimo para a passarela com desenhos de âncoras e de cordas de barcos. O xadrez apareceu, o que não foi nenhuma novidade. A Coven sempre fez ótimos desfiles, com peças de dar água na boca! Gostei muito dos shapes e amei as calças mas, tirando isso, o resto não me encantou muito, achei o tema óbvio demais.

Coca Cola Clothing: A marca fechou o terceiro dia de Fashion Rio com um ar bem oitentista. No início do desfile o denim marcou uma forte presença e, a partir disso, a passarela começou a ser invadida por uma vibração totalmente psicodélica em peças muito, mas muito coloridas! Os cropped tops apareceram junto às calças com a barra dobrada e os tons metalizados surgiram em um tecido que formava pequenas telinhas. A maioria das peças tinha recortes geométricos estratégicos e notei, também, um pouco de transparência. E a tendência das plataformas de madeira? Será que nós, fashionistas, vamos aderir?

Amanhã tem mais comentários sobre o Fashion Rio!

Beijos, Babi Bilharinho.